AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

Delegação russa que vai participar de torneio internacional de profissões técnicas treina no RS

Capacitação

As unidades do Senai de Guaporé (Joalheria) e de Caxias do Sul (Mecatrônica)  estão treinando competidores da Worldskills Rússia. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) foi contratado pelo Worldskills Russia para treinar experts, treinadores, competidores e líderes da equipe russa para a competição que acontecerá naquele país em 2019. Além da Joalheria e da Mecatrônica, o convênio acontece nas áreas de Webdesign, Tecnologia da Moda, Manufatura Integrada, Eletrônica e Design Gráfico, em outros Estados. Os russos deixam o Rio Grande do Sul neste final de semana. De 7 a 27 de maio será a vez dos brasileiros irem àquele país para finalizar a capacitação.

No Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica, o vice-diretor da escola da cidade de Magnitogorsk, Lyndin Anton, disse que o aprendizado foi muito importante. “Levamos muito conhecimento na bagagem”, disse. Conforme ele, o alto ritmo de trabalho foi o maior aprendizado. O instrutor do Senai Mateus Gaspary, que em maio estará na cidade russa para continuar o treinamento, afirma que os alunos Aksenov Maksin e Arapov Aleksandr chegaram como indivíduos separados e estão saindo como um time. “Eles aprenderam a trabalhar em equipe, pedir ajuda e estar disponível para ajudar o colega”, relata. Mateus e Diego Basso, de Caxias do Sul, que já foram campeões, treinaram a equipe por um mês.

O objetivo da delegação russa é melhorar posições no ranking da WorldSkills em Abu Dhabi e, principalmente, repetir o feito brasileiro de ser campeã em casa no próximo torneio. Na última competição, em 2015, os russos não conseguiram nenhuma medalha.

A Worldskills é a maior competição internacional de profissões. Na próxima semana, será realizado o simulado para continuidade do treinamento dos alunos que participam do certame este ano em Abu Dhabi. Os alunos do Senai-RS que buscam a vaga do time brasileiro são de Tecnologia de Mídia Impressa, Joalheira, Mecatrônica, Robótica, Design Gráfico e Pintura Automotiva. 

O Senai usa a competição, juntamente com a Olimpíada do Conhecimento, para avaliar seus cursos. As provas aplicadas nas duas competições têm como base as qualificações exigidas pelo mercado de trabalho e as atualizações tecnológicas que estão chegando às empresas. O desempenho dos alunos nas competições forma um conjunto de indicadores que ajuda a instituição a avaliar a qualidade da educação profissional e a atualizar os currículos das suas escolas. Com isso, o Senai mantém seus cursos sintonizados com as necessidades das empresas, facilitando o ingresso de seus alunos no mercado de trabalho.