Você está aqui

Premiação do Inova Senai destaca sustentabilidade e solidariedade

 
O reuso da água utilizada pela máquina de lavar roupa em uma estação de tratamento doméstica foi o projeto vencedor do Inova Senai 2015 – fase estadual.  O Reusi – Diminuição do Descarte da Água de Máquinas de Lavar Roupas do Reuso e Tratamento em Domicílio, de autoria dos alunos Vinícius Schenckel, Gabriel Silva, Paulo da Luz e Vinícius Boff, com orientação do docente William Gomes, do Instituto Senai de Inovação em Soluções em Metalmecânica (Senai Cetemp),  tem benefícios econômicos e de sustentabilidade. “A economia é de cerca de R$ 2 mil por ano nas contas de água, além de ajudar o meio ambiente”, destaca Schenckel, que instalou a estação na sua casa. Conforme ele, que teve duas encomendas durante o evento, sua conta de água nunca passou da cota mínima.  Vinte projetos de diversas unidades do Senai gaúcho estiveram em exposição durante três dias no ISI em Soluções em Metalmecânica  (Senai Cetemp), em São Leopoldo.  Os critérios para encontrar os vencedores foram além de análises técnicas, viabilidade econômica, potencial de mercado,  qualidade e funcionalidade.
 
O segundo colocado foi o Girassol Fotovoltaico, de Bruno Lacerda, Adrian Terra e Rodrigo Nunes, do Senai Ney Damasceno Ferreira, de Gravataí, com orientação de Wesley Cordeiro, Luis Martins e Rodrigo Rodrigues.  Trata-se de uma estrutura fixada em um tubo de dois metros que acompanha o movimento do sol, maximizando a captura de energia por meio dos painéis solares. Para o movimento são usados dois motores elétricos econômicos comandados por um sensor LDR que detecta a luminosidade. O terceiro foi o Controle Direcional e de Aceleração via Aplicativo para Smartphone Android para Cadeira de Rodas Motorizada, de Daniela Schwab, do Senai Carlos Tannhauser, de Santa Cruz do Sul, com orientação dos professores Roger Rohr e Taiser Barros. O projeto é um equipamento que oferece aos cadeirantes uma interface de controle para movimentação da cadeira de rodas, onde os comandos poderão ser acessados na tela do celular ou por comando de voz.
 
A Bengala Eletrônica foi o melhor projeto escolhido pelo facebook com 1,7 mil curtidas. De autoria de Ezequiel de Oliveira, Vinícius Silva e Alisson Felis,  com orientação de Rogério Rosa e Luciano Fernandes, o trabalho do Senai de Venâncio Aires ajuda deficientes visuais nos postos de trabalho com “caminhos” definidos conforme a necessidade . O projeto Singelo –Sistema Integrado de Gerenciamento Luminoso de Objetos, de Gabriel Romero, do Senai Mauá, recebeu menção honrosa. O projeto teve orientação dos docentes Alexandre Barcellos e Angela Oviedo.
 
              
FOTO: Dudu Leal 
 
 

Veja mais

FIERGS 24/08/2016 às 15h43
 Embora tenham apresentado queda na relação com o mês anterior, os índices de produção (47,5 pontos) e o de número de empregados (46,3), revelam que a...
Saiba mais
FIERGS 19/08/2016 às 15h16
O Serviço Social da Indústria promove de 23 a 25 de agosto, no Centro de Atividades (R. 24 de Outubro, 180) de Erechim, o Sesi com Ciênci@, com o Museu...
Saiba mais
FIERGS 19/08/2016 às 15h09
O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) promove no próximo dia 30 de agosto, a partir das 18h, o Meeting Sesi com o tema E-social: Interfaces do Riscos e...
Saiba mais