AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Rio Grande do Sul é o Estado com mais projetos aprovados no primeiro ciclo do Edital de Inovação para a Indústria

Inovação

Com onze, de 51 projetos confirmados em todo o Brasil, o Senai gaúcho foi o que mais aprovou no primeiro ciclo de 2017 do Edital de Inovação para a Indústria. O anúncio foi feito pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Dos selecionados, 11 são da categoria A (Inovação Tecnológica para grandes e médias empresas) e 40 da categoria B (Inovação Tecnológica para micro e pequenas empresas e startups de base tecnológica). Empresas de 12 Estados serão contempladas com o aporte de até R$ 400 mil, cada, para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores. Além do Rio Grande do Sul (11), Santa Catarina (10), Mato Grosso do Sul (6), Pernambuco (5), Minas Gerais (4), Goiás (3), Paraná (3), São Paulo (3), Paraíba (2), Rio de Janeiro (2), Amazonas (1) e Bahia (1) também receberão aporte.

Cada um deles deverá ser realizado em um prazo de até 24 meses. Para a execução das propostas das categorias A e B, as empresas receberão o apoio de especialistas dos Institutos de Inovação e Tecnologia do Senai. Dos projetos do Senai-RS aprovados, seis são parcerias do Instituto de Tecnologia em Mecatrônica de Caxias do Sul, dois do ISI em Soluções Integradas em Metalmecânica, um do ISI em Engenharia de Polímeros, um do IST em Couro e Meio Ambiente, e um do Instituo de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia.  

Criado em 2004, o Edital Senai Sesi de Inovação mudou de nome em 2017 com a parceria do Sebrae. Destinado a promover a cultura de inovação e aumentar a produtividade das indústrias, o Edital conta com investimento de R$ 30 milhões do Senai, R$ 20 milhões do Sebrae e R$ 3,6 milhões do Sesi. Neste ano, a meta é financiar 285 projetos com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil.