Você está aqui

Vestibular complementar da Faculdade Senai de Tecnologia está com inscrições abertas

 
Estão abertas as inscrições para o vestibular complementar da Faculdade Senai de Tecnologia Porto Alegre para os cursos de graduação tecnológica Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Redes de Computadores, Sistemas Embarcados e Automação Industrial. A prova será dia 9 de julho, das 19h30min às 23h30min e as inscrições podem ser feitas pelo site www.senairs.org.br/vestibular.  A instituição disponibiliza computadores para inscrições presenciais, no período das 8h às 21h de segunda a sextas-feiras, na sede da instituição (Av. Assis Brasil, 8450). O custo da inscrição é R$ 30,00. 
 
O diferencial oferecido pela Faculdade Senai de Tecnologia é o acesso gratuito a curso de inglês, produção textual e nivelamento de matemática para todos alunos, além de oferecer o programa CCNA integrado ao currículo dos cursos de Sistemas de Telecomunicações e Redes de Computadores, visando à preparação do aluno para Certificação Cisco.  
 
O tecnólogo é um profissional de nível superior que tem como característica o foco nas habilidades e competências requeridas pelo mercado.  Este profissional é formado em graduação tecnológica que o habilita para concursos, pós-graduação, emprego e empreendedorismo. A educação tecnológica é regulamentada pelo Ministério da Educação através da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, de 1996, e pela Resolução CNE/CP3 do Conselho Nacional de Educação.
       
O Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é o profissional capaz de analisar, projetar, documentar, especificar, testar, implantar e manter sistemas computacionais de informação. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação deste profissional. 
 
O Tecnólogo em Redes de Computadores é capaz de elaborar, avaliar, implantar e manter projetos lógicos e físicos de redes de comunicação de dados locais e de longa distância, aplicando metodologias e documentando a solução proposta. Administrar redes de comunicação de dados locais e de longa distância definindo políticas de acesso, controle de usuários e políticas de segurança de informação, estabelecendo as estratégias de segurança da informação com base na política da empresa e estabelecendo requisitos de funcionalidade de acordo com o nível de serviço e o planejamento estratégico da rede.
 
O Tecnólogo em Sistemas Embarcados é o profissional capaz de programar microcontroladores e microprocessadores, programar dispositivos de lógica reconfigurável, aplicar engenharia de software no desenvolvimento de sistemas embarcados, estabelecer requisitos mínimos de hardware e software e gerenciar o processo de desenvolvimento. São áreas de desempenho deste profissional a programação de microcontroladores e microprocessadores, plataforma de desenvolvimento de software, processos de qualidade e testes de software, gerenciamento de soluções, engenharia de software e avaliação de desempenho. 
 
O profissional formado em Automação Industrial atua na modernização das técnicas de produção do setor industrial. Trabalha instalando, mantendo e integrando sistemas de automação, como controladores lógicos, sensores, redes industriais, microcontroladores, robôs, sistemas eletropneumáticos, entre outros. O campo de atuação inclui uma série de empresas industriais que fazem uso da automação no seu processo produtivo.
 
 
 
 
 
 
 

Veja mais

FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais
FIERGS 21/07/2016 às 14h52
Data de 1956 o registro da chegada dos primeiros japoneses ao Rio Grande do Sul, especialmente para atuar na agricultura. Hoje, são 1,8 milhão de...
Saiba mais