AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

exportações

As exportações totais do Rio Grande do Sul somaram US$ 1,79 bilhão e apresentaram um crescimento muito pequeno em maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado: 0,6%. Em uma análise desagregada, o grupo das commodities (totalizando US$ 718 milhões) caiu 1,1%. A indústria de transformação, por sua vez, embarcou US$ 1,05 bilhão, incremento de apenas 1,2%, bem inferior ao do Brasil no período, que foi de 4,5%.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), definiu o calendário de promoção comercial, com feiras internacionais e encontros de negócios, para o segundo semestre de 2017. São eventos direcionados a diferentes setores, entre eles Alimentos e Bebidas, Máquinas e Equipamentos, Têxtil e Calçados e multissetorial.

Influenciadas positivamente pelas commodities, que subiram 36% e somaram US$ 605 milhões, as exportações totais do Rio Grande do Sul aumentaram 14,8% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Totalizaram US$ 1,51 bilhão. A soja foi o principal produto do grupo, com US$ 551 milhões, um acréscimo de 35,3% na mesma base de comparação, com compras especialmente da China.

O cônsul-geral da Hungria, Szilárd Teleki, foi recebido nesta segunda-feira (15) pelo presidente em exercício da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Carlos Alexandre Geyer. Na sua primeira visita à entidade, a pauta foi centrada na ampliação de parcerias comerciais entre o país europeu e o setor gaúcho. No ano passado, as transações correntes entre o Estado e a Hungria somaram US$ 15 milhões.

Uma comitiva liderada pelo embaixador da União Europeia no Brasil, João Cravinho, se reuniu nesta sexta-feira na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) com lideranças empresariais gaúchas. “Esta visita se dá por múltiplas razões, que nem precisamos justificar, basta entender a importância do Estado no contexto da União Europeia. Vivemos a proximidade da finalização de um acordo, que fará com que o Rio Grande do Sul passe a ser visto como Estado centro do Mercosul ”, disse Cravinho.

O Vietnã está interessado em incrementar as relações comerciais com o Rio Grande do Sul. A parceria entre o Estado e o país asiático movimentou no ano passado US$ 193 milhões, um recuo de 57,7% na comparação com 2015. A recepção diplomática da delegação daquele país foi realizada pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, nesta quinta-feira (13), em Porto Alegre.

O embaixador da Irlanda no Brasil, Brian Glynn, disse nesta terça-feira (11), em visita à Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), que o seu país está aberto a novas oportunidades comerciais com o Estado. Os segmentos farmacêutico e de Tecnologia da Informação (TI) aparecem com as melhores chances para investimentos e parcerias em território irlandês. Em contrapartida, Glynn observou que a experiência irlandesa na área de ciência, tecnologia e inovação pode ser útil ao RS.

A articulação da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) em diversas ações de promoção comercial no exterior deverá ser uma das maiores aberturas de oportunidades para as empresas gaúchas. Ao longo de 2017, por meio da Gerência de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Gerex) e do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), a entidade terá uma agenda intensa de atividades que contemplam diferentes setores de produção e que colaboram com empresas que se posicionam com estratégias de internacionalização.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) ampliaram a parceria para inserir as micro e pequenas empresas gaúchas no mercado internacional. Por meio do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex), 480 empresas distribuídas na Região Metropolitana de Porto Alegre e na Serra receberão atendimento gratuito nos próximos 30 meses.

O Rio Grande do Sul avança nos preparativos para captar mais oportunidades comerciais no México. O potencial mercado daquele país foi detalhado nesta terça-feira (14), para empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em Porto Alegre. A entidade é parceira em evento realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).