AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

inovação

Os avanços registrados no Brasil no que se refere à política de incentivo a inovação foram demonstrados na tarde durante o Congresso Internacional de Inovação, realizado entre os dias 17 e 19, pelo Sistema FIERGS - Sesi, Senai e IEL, pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Três empresas descreveram como estão obtendo sucesso utilizando corretamente os mecanismos disponíveis para o incentivo às iniciativas inovadoras.

Aprovar a Lei Estadual de Inovação, com o objetivo de promover um ambiente propício para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul, é o primeiro ponto de destaque da carta proposta no encerramento do Congresso Internacional da Inovação, pelo Sistema FIERGS (Sesi, Senai e IEL), na última quarta-feira (19). O documento, entregue em mãos pelo presidente do Sistema FIERGS, Paulo Tigre, ao secretário estadual da Ciência e Tecnologia, Artur Lorentz, apresenta uma série de ações para subsidiar a Lei de Inovação do Estado e propõe uma agenda voltada para o tema em 2009.

No final da manhã de terça-feira (18), o Congresso Internacional de Inovação foi palco de debate entre especialistas do Brasil e exterior sobre os incentivos à inovação no País.

Para a presidente do Conselho de Competitividade dos Estados Unidos, Deborah Wince-Smith, o Brasil precisa aprimorar a relação entre o meio acadêmico e o setor privado para melhor aproveitar seu potencial de inovação. Deborah falou na manhã de terça-feira (18) no I Congresso Internacional de Inovação, evento realizado pelo Sistema FIERGS - Sesi, Senai e IEL, pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

O indo-americano Hitendra Patel utilizou diversos exemplos na sua palestra de hoje, no Congresso Internacional de Inovação, que acontece até amanhã no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre/RS, para mostrar ao público como grandes empresas cresceram ou ficaram estagnadas em seus negócios. A inovação constante foi a chave do sucesso para companhias como Apple, Gillette, Toyota, Google entre outras. Porém, o especialista alerta: "Não se pode pegar a receita de empresas norte-americanas e européias e aplicar em países da América Latina.

O Brasil ainda registra uma dependência excessiva do setor público no que se refere à inovação. A conclusão é do sociólogo Glauco Arbix, coordenador do Mobit − "Estratégias de Inovação em Sete Países", pesquisa que analisou as políticas para inovação realizada nos Estados Unidos, França, Canadá, Irlanda, Reino Unido, Finlândia e Japão.

O Sistema FIERGS vai incluir o tema inovação como conceito afirmativo em seu planejamento estratégico. O anúncio foi feito pelo presidente do Sistema FIERGS, Paulo Tigre, durante a abertura do I Congresso Internacional da Inovação, nesta segunda-feira, em Porto Alegre. "O planejamento estratégico da FIERGS lista três conceitos afirmativos: liderança, representatividade e desenvolvimento. Estamos agregando a inovação como um quarto conceito, em uma manifestação clara da importância que damos ao tema", afirmou Tigre.

De acordo com o guru americano em inovação e criatividade, John Kao, palestrante do Congresso Internacional de Inovação, a crise financeira mundial é vista pelas empresas como um grande urso no meio da estrada. A dúvida que enfrentam é se fogem ou afrontam o problema. "Muitas empresas seguem a primeira opção e logo diminuem os custos com inovação. Outras, entre elas grandes companhias de tecnologia localizadas no Vale do Silício, na Califórnia, aumentam os investimentos em inovação justamente em tempos de dificuldade financeira", exemplifica.

Além de uma ampla discussão sobre a inovação e sua importância para a competitividade, o Congresso Internacional de Inovação, realizado pelo Sistema FIERGS - Sesi, Senai e IEL, pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), também abre espaço para a apresentação de novas idéias e iniciativas desenvolvidas por estudantes dos centros tecnológicos das instituições promotoras do evento.

Evento é realizado pelo Sistema FIERGS e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI)

A vice-presidente da Kauffmann Foundation, Lesa Mitchell, estará presente na abertura do Congresso Internacional de Inovação, em Porto Alegre, entre os dias 17 e 19 de novembro. O evento é realizado pelo Sistema FIERGS − Sesi, Senai e IEL −, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).