AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

perspectivas

Presidente da FIERGS analisa perspectivas da economia brasileira em palestra na CICS de Farroupilha

O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, disse nessa quinta-feira (16), durante palestra em reunião-almoço na Câmara de Indústria Comércio e Serviços (CICS) de Farroupilha, que começa a vislumbrar uma perspectiva melhor para a economia brasileira. “Estamos ainda em uma situação muito difícil, mas a recessão e os juros diminuíram, sinal de estabilização e de que paramos de piorar”, enfatizou, durante a apresentação Análise e Perspectivas do Brasil em 2017.

Sesi-RS vai fortalecer a educação e a prevenção

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) deve reforçar sua atuação em mobilidade e virtualidade em 2017, fortalecendo ações de educação e prevenção para sensibilizar as empresas para a necessidade de promoção da saúde e segurança no ambiente do trabalho. “Assim, conseguimos atingir maior número de empresas e, consequentemente de trabalhadores, alcançando nosso objetivo maior que é contribuir para o aumento da competitividade da indústria”, afirma o diretor-superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo.

Senai-RS quer ampliar a oferta de serviços tecnológicos e de inovação

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) quer, em 2017, por meio da mobilidade e virtualidade, expandir seus serviços, tanto pelas unidades móveis quanto pela cursos em educação à distância. “Além disso, temos nossa rede de institutos de inovação e de tecnologia que vão ampliar a oferta de serviços e podem contribuir para o crescimento e o aumento da competitividade da indústria”, destaca o diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein.

Queda mais branda na produção faz expectativa dos empresários avançar

 
Embora tenham apresentado queda na relação com o mês anterior, os índices de produção (47,5 pontos) e o de número de empregados (46,3), revelam que a expectativa dos empresários gaúchos para a economia avançou em julho, aponta a Sondagem Industrial, divulgada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), nesta quarta-feira (24).

Crise atenua e perspectivas de demanda na indústria já se mostram positivas

A Sondagem Industrial de junho, divulgada nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), revela uma retração no ritmo de queda e aponta a uma perspectiva de demanda que começa a se tornar positiva para os próximos meses. A perda na produção (48 pontos) foi a menos intensa registrada no mês desde 2010 e o emprego (44,7) sugere que a redução de postos de trabalho no setor é semelhante à de maio, mas inferior aos mesmos períodos em dois anos no Estado.

FIERGS defende que agenda econômica deve ser prioritária em 2016

 
O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, defende que a agenda econômica tem que ser prioritária em 2016, para o Brasil começar a retomar o crescimento após um ano de paralisia, em que o Produto Interno Bruto (PIB) deverá fechar com uma queda de 3,5%. Há condições para isso, segundo destacou nesta terça-feira (8), durante a apresentação do Balanço 2015 e Perspectivas 2016 da Economia, realizada na FIERGS. “A crise política freia a solução dos problemas econômicos.

FIERGS prevê crescimento da economia só a partir de 2016

A crise no mercado interno determinou o baixo desempenho econômico do Brasil em 2014 e fornece os elementos para que se entenda o resultado decepcionante no fechamento do ano, com previsão de 0,1% de alta no Produto Interno Bruto (PIB) do País, 0,2% no do RS, e de uma queda de -1,3% no da indústria nacional. O panorama atual foi influenciado pelo menor espaço para estímulos fiscais, crescimento mais tímido do crédito, aumento nas taxas de juros, menos geração de empregos e inflação alta.

Indústria do RS fecha uma década de baixo crescimento

Em 2013, o Rio Grande do Sul completa uma década em que a produção industrial se expande menos do que as vendas no comércio brasileiro. Desde 2004, a indústria local cresceu apenas 6,3%, enquanto o comércio nacional avançou 89%. Isso revela uma situação preocupante: a indústria gaúcha não consegue aumentar a produção no mesmo ritmo do crescimento do mercado consumidor e os importados vêm substituindo os manufaturados locais.

Senai-RS prevê chegar a 160 mil matrículas

Para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS), 2013 servirá para colher o que foi plantado ao longo dos últimos anos. "Será muito bom. Em fevereiro deveremos receber a primeira parcela do Projeto do BNDES, que prevê melhorias e construção de escolas, compra de equipamentos e as transformações dos Institutos

Senai de Inovação e de Tecnologia", explica o diretor-regional do Senai-RS, José Zortéa.

IEL -RS segue com atenção à gestão de talentos e à formação executiva

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS) contribui para a competitividade da indústria gaúcha, por meio da construção e disseminação do conhecimento e da formação de lideranças, atuando em duas áreas: Gestão de Talentos e Desenvolvimento Empresarial. Para 2013,

a superintendente-regional do IEL-RS, Elisabeth Urban, destaca a realização de fóruns para troca de experiência e melhores práticas entre executivos e programas de capacitação de novas lideranças empresariais e associativas. Além disso, haverá uma forte articulação