AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | TEL.: 51-3347.8787

Você está aqui

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas Embarcados

Este Profissional desenvolve sistemas microprocessados e dispositivos de lógica reconfigurável. Aplica engenharia de software no desenvolvimento de sistemas dedicados, estabelecendo os requisitos de hardware e software do sistema, estando também apto a gerenciar o processo de desenvolvimento.

Algumas áreas do conhecimento utilizadas por esse profissional são: sistemas operacionais, eletrônica, algoritmos, controle, microcontroladores, sensores e atuadores, comunicação de dados, processamento digital de sinais, engenharia de software, entre outras. Como o sistema embarcado é dedicado a tarefas específicas, a aplicação da engenharia de software colabora para otimizar o projeto, reduzindo tamanho, recursos computacionais e custo do produto.

O tecnólogo em Sistemas Embarcados pode atuar em: Indústrias da área eletroeletrônica, empresas que desenvolvem aplicativos, empresas da área automotiva, fabricantes de equipamentos de telecomunicações, fabricação de equipamentos de automação e controle, como prestador de serviços na área de desenvolvimento de sistemas dedicados, fabricantes de equipamentos de segurança, centro de ensino, pesquisa e desenvolvimento.

A estrutura curricular apresenta as seguintes Unidades Curriculares:

 

GRADE CURRICULAR

SEM.

CÓDIDO

NOME DA UNIDADE CURRICULAR

CRED.

C.H. [horas]

PRÉ-REQ.

1

S053

Programação Básica

4

70

 

S042

Introdução ao Curso de Sistemas Embarcados

4

70

 

S021

Eletrônica Digital

4

70

 

S002

Análise de Circuitos

4

70

 

S007

Cálculo Básico

4

70

 

2

S056

Programação Orientada a Objetos

4

70

S053

S086

Sistemas Microprocessados

4

70

S021 e S053

S027

Estatística Aplicada à engenharia

4

70

S007

S084

Sistemas Digitais

4

70

S021

S008

Cálculo Diferencial e Integral

4

70

S007

3

S054

Programação em Sistemas Embarcados

8

140

S056 e S086

S004

Arquitetura de Computadores

4

70

 

S101

Introdução a Redes

4

70

 

S026

Equações Diferenciais e Transformadas

4

70

S008

4

S089

Sistemas Operacionais de Tempo Real

4

70

 

S005

Arquitetura de Software para Sistemas Embarcados

8

140

S056

S040

Interfaces e Protocolos para Sistemas Embarcados

4

70

S054

S009

Cálculo Numérico

4

70

S008

5

S024

Engenharia de Software

8

140

S005

S052

Processamento Digital de Sinais

4

70

S026

S038

Instrumentação Industrial

4

70

 

S033

Gerência de Projetos

4

70

 

6

S055

Programação em Sistemas Embarcados Linux

4

140

S024

S097

Projeto Prático

4

70

80 créditos

S048

Metodologia para Elaboração do TCC

4

70

80 créditos

S029

Ética e Legislação

4

70

 

7

S023

Empreendedorismo

4

70

 

S025

Engenharia Econômica

4

70

S007

S077

Sistemas de Controle

4

70

S026

¨¨

Optativa

4

70

 

S044

Liderança e Gestão Organizacional

4

70

 

S096

Trabalho de Conclusão de Curso

4

70

S048

 

 

Atividades Complementares*

¨¨

70

 

 

 

 TOTAL DO CURSO (SEM TCC)

140

2.520

 

 

 

TOTAL DO CURSO (COM TCC)

144

2.590

 

 

*A unidade curricular optativa é de livre escolha do acadêmico. Desta forma, o acadêmico pode optar por cursar a unidade curricular de Libras ou qualquer outra unidade curricular obrigatória dos outros cursos da Faculdade, desde que ela tenha aderência ao perfil profissional estabelecido no Projeto Pedagógico do Curso. O coordenador avalia, por meio formal, se a unidade escolhida atende o perfil de formação do curso. Para conclusão do curso o acadêmico deve realizar 70 horas de atividade complementares. A contabilização dessas horas segue critério específico, de acordo com a tabela de atividades estabelecida no Regulamento de Atividades Complementares.

** Para conclusão do curso o acadêmico deve realizar 70 horas de atividade complementares. A contabilização dessas horas segue critério específico, de acordo com a tabela de atividades estabelecida no Regulamento de Atividades Complementares.

O critério da oferta de unidades curriculares respeita um percurso de formação que articula os conteúdos formativos progressivos com vistas ao desenvolvimento das competências estabelecidas no perfil do profissional do egresso, portanto a oferta de unidades curriculares durante o processo de matrícula pode ser diferente da ordem apresentada na tabela acima.

 

FIES - FUNDO DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL

O SENAI/RS, Mantenedora da Faculdade SENAI de Tecnologia assinou em 28 de setembro de 2012 o Termo de Adesão ao FIES - Fundo de Financiamento Estudantil, visando à oferta de cursos superiores não gratuitos a serem financiados com recursos do FIES.

No momento da publicação dos resultados serão fornecidas informações mais detalhadas de como o aluno poderá candidatar-se ao FIES.