Você está aqui

Realidade aumentada já faz parte do dia a dia das indústrias

Esse recurso possibilita a adição de informações virtuais relevantes para a composição de resoluções no mundo real.

A indústria é um dos setores que vêm se beneficiando do avanço da tecnologia para entregar soluções cada vez mais inovadoras e eficientes. E uma das transformações que de grande impacto e movimento nesse mercado é a incorporação da realidade aumentada.

Esse recurso possibilita a adição de informações virtuais relevantes para a composição de resoluções no mundo real. Com consequência do uso, são gerados resultados expressivamente mais confiáveis e seguros.

Se você quer conhecer mais sobre as tecnologias no setor industrial, especialmente a realidade aumentada e seus benefícios e aplicações, continue com a gente neste post. Chegou a hora de entender o papel dessa importante modernização para a indústria!

Qual é o papel da tecnologia no setor industrial?

Diante de um cenário econômico instável e um mercado dinâmico, aumentar o conhecimento sobre o cliente e suas necessidades, assim como dar suporte à força de vendas, é algo primordial na indústria. Por isso, quanto mais recursos estiverem disponíveis para a empresa, melhor.

Atualmente, uma quantidade enorme de informações sobre o cliente está disponível ao toque das mãos. Além disso, softwares robustos permitem o enriquecimento geral dos processos produtivos.

Depois de muitos experimentos e avanços tecnológicos validados, principalmente os digitais, a indústria vem se fortalecendo e diversificando a partir das soluções geradas. Dentre as etapas produtivas que evoluíram bastante, estão:

  • tomada de decisão baseada nas necessidades dos clientes;
  • treinamento e capacitação das equipes;
  • definição do design do produto;
  • criação de inovações;
  • aperfeiçoamento de métodos;
  • manutenção eficiente de equipamentos;
  • maior controle de segurança.

O que é realidade aumentada?

Estamos falando de uma tecnologia que permite a simulação de objetos e situações virtuais em ambientes que realmente existem. Esse recurso promove a integração de elementos que estão, inicialmente, fora do alcance físico, mas que já possuem uma estrutura projetada por meio de computadores, tablets ou smartphones, por exemplo.

Essa interação que combina os espaços real e virtual favorece a realização de testes em diversos cenários, facilitando o design de produtos mais eficazes e diminuindo a incidência de erros. Isso torna o ambiente industrial mais ágil e inteligente, com otimização remota de uma série de processos.

Como a realidade aumentada chegou ao setor industrial?

Desde o início, esse recurso foi muito utilizado pela indústria de jogos e entretenimento. No entanto, devido à sua eficácia e às variadas possibilidades que proporciona, a tecnologia passou a ser usada como meio para a simulação e a visualização de projetos, antes mesmo da sua fabricação efetiva, servindo como um tipo de protótipo virtual.

Com a expansão do seu uso, muitas indústrias adotaram a realidade aumentada para melhorar a manutenção de equipamentos, já que ela facilita a identificação das peças danificadas.

Outro benefício proporcionado por ela é com relação aos manuais de instrução. Hoje, com essa tecnologia, essas documentações são mais intuitivas e favorecem, inclusive, um escaneamento inteligente do conteúdo, fornecendo ao usuário informações animadas sobre como operar a troca de peças.

De que modo essa tecnologia beneficia a indústria?

Nos Estados Unidos, alguns segmentos industriais já utilizam óculos de realidade virtual para que os operadores visualizem trocas de peças e manutenções de equipamentos de outras empresas. Essa nova lógica de trabalho evidencia o quanto a tecnologia pode beneficiar e facilitar o dia a dia no chão de fábrica.

Mas não é só isso. A realidade aumentada serve como uma espécie de visão de raio-X, fornecendo informações detalhadas sobre as características internas de um processo produtivo. Assim, ela facilita a implementação de ajustes pontuais para tornar uma linha mais eficiente, o que diminui desperdícios e custos, por exemplo.

Ainda é possível contar com um suporte visual específico, fator que impacta diretamente na agilização dos processos e gera uma economia significativa de tempo. Por fim, com o controle visual dos processos, a realidade aumentada garante a melhor qualidade de cada etapa, reduzindo possibilidades de erros e falhas.

Quais são as principais aplicações desse recurso?

Você já viu até aqui que usar a tecnologia de realidade aumentada torna a indústria mais inteligente, ágil e operacional. E todas essas melhorias são alcançadas por meio de aplicações práticas e perfeitamente possíveis de serem implementadas. A seguir, separamos as principais delas para você!

Otimização das linhas produtivas

Dentro do conceito da realidade aumentada, existem diversas opções para otimizar o fluxo de produção. A principal delas diz respeito ao suporte técnico que é fornecido pelos especialistas e também ao controle de qualidade executado em todas as etapas.

Em grandes indústrias, os operadores podem utilizar informações internas e externas sobre métodos e práticas que tornam a rotina de trabalho mais eficiente. Com dados compartilhados, fica mais fácil de identificar as eventuais falhas às quais a produção está à mercê.

Além disso, os treinamentos acabam sendo mais alinhados, pois, direcionam os trabalhadores a dominarem o sistema, aumentando a eficiência e a segurança dos processos. Por fim, como todas essas etapas são mapeadas por um software, fica mais prático e rápido de supervisionar o desempenho e corrigir detalhes.

Aumento da produtividade

Se analisarmos a fundo, a otimização da linha de produção por si só já contribui significativamente para o aumento da produtividade. Ela antecipa e agiliza uma série de processos que seriam mais lentos e, em alguns casos, até imprecisos.

Mas outro benefício que essa tecnologia também traz é que ela torna os trabalhadores mais eficientes na execução de tarefas, já que estabelece alguns padrões de operação que garantem segurança e precisão. Mesmo nos casos em que os operadores têm dúvidas, em vez de pararem o trabalho à procura de um supervisor, podem consultar no próprio sistema como solucionar a questão.

A informação ao alcance da equipe da fábrica é o que torna os processos mais rápidos, acertados e inovadores.

Manutenção preventiva

Quando as informações estão todas à disposição do time, esperar que o erro ocorra não precisa ser uma opção. Com a realidade aumentada, a indústria consegue se concentrar para fazer manutenções preventivas e evitar paradas desnecessárias, possíveis falhas e gargalos.

Essa tecnologia disponibiliza diversos mecanismos e informações por meio de infográficos, animações 3D e vídeos que atualizam os trabalhadores, proporcionando assim conhecimento de maneira dinâmica e acessível. O escaneamento de produtos e processos também é uma alternativa viável quando a indústria utiliza a tecnologia a favor da manutenção com foco preventivo.

Você conheceu, nesta leitura, a inegável importância da realidade aumentada para a eficiência e a eficácia das indústrias. Além disso, descobriu como essa modernização pode otimizar processos e impedir problemas antes mesmo que eles surjam. Agora, é o momento de investir ainda mais em tecnologia industrial.

Sua indústria utiliza a realidade virtual de alguma forma que nós não abordamos por aqui? Deixe um comentário no post e compartilhe o seu conhecimento sobre o assunto!

Terça-feira, 14 de Maio de 2019 - 14h14

Deixe um Comentário

17 + 0 =