A ação nacional realizada no ano passado de forma voluntária, entre o Senai e a GM volta a acontecer de forma regional este ano, agora contando com novos parceiros.

Em 2020, a iniciativa consertou 119 respiradores. Com a parceria da empresa Novus, de Canoas, que é fabricante de instrumentos eletrônicos, a  intenção é contribuir para o combate à pandemia, ajudando no tratamento de pacientes com Covid-19.

A partir daí, o Senai, por meio da unidade de Gravataí, irá buscar os respiradores e os levará ao laboratório que está sendo montado dentro da GM.  Profissionais da empresa e da instituição farão os consertos. A Novus será responsável pelas peças necessárias para os reparos, com o apoio da Abinee – Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica  e da Exatron, que estão engajadas na captação de recursos e doações para compra de partes, peças e componentes para os respiradores. Depois de pronto, o Senai fará a logística reversa. O Governo do Estado será responsável pela divulgação da iniciativa junto aos hospitais.

As instituições de saúde poderão enviar seus dados através do botão abaixo.

O objetivo do SENAI com esta iniciativa é recuperar o maior número possível de respiradores e devolvê-los para hospitais e unidades de saúde com agilidade para, assim, colaborar para salvar vidas em nosso estado.


Realização

Apoio institucional