AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Senai RS se prepara para Olimpiada do Conhecimento

Ensino
Uma casa popular inteligente, automatizada e sustentável e dois carros, um customizado e o outro desenvolvido com energia renovável, vão representar o Senai do Rio Grande do Sul na Olimpíada do Conhecimento (OC2016) que será realizada de 10 a 13 de novembro, em Brasília. Com provas que exigem habilidade técnica e conhecimento sobre o mercado de trabalho, o novo formato da competição também envolve muita criatividade. Os estudantes serão desafiados a apresentar soluções e produtos para empresas e para a comunidade, além de participar de provas individuais que exigem precisão e raciocínio rápido. A competição está dividida nos seguintes desafios: Avaliação Prática do Estudante, Desafios por Equipe, Desafios Individuais e Inova Senai. Todos os desafios valem pontos para as unidades da federação representadas na competição. Além do ginásio Nilson Nelson, localizado na região central de Brasília, a OC2016 ocupará uma área de 50 mil metros quadrados construída no estacionamento do ginásio, próximo ao Estádio Nacional Mané Garrincha. A visitação, gratuita, será de 9h às 17h, nos quatro dias da disputa. O público esperado é de mais de 100 mil pessoas e a realização é do Senai e do Sesi.
 
Para a principal disputa da Olimpíada - o desafio por equipes - os estudantes de diferentes áreas formaram times e apresentaram projetos para a competição. De mais de 150 formulados, 42 foram classificados. Agora, os alunos serão desafiados a apresentar soluções e produtos para empresas e para a comunidade, além de participar de provas individuais que exigem precisão e raciocínio lógico com bastante agilidade. 
 
O Senai-RS classificou os seguintes projetos:
 
.O projeto da casa sustentável da equipe Fyon Sustentabilidade alia a conscientização da preservação do meio ambiente e o desenvolvimento de tecnologias. A equipe de oito alunos do Senai de Passo Fundo, planejou uma casa construída e mobiliada com madeira descartada, blocos de concreto e pneus usados. A cozinha foi feita com sucatas de três geladeiras, iluminação led e sistema termodinâmico para aquecimento. A abertura de portas e janelas, acendimento de luzes, ativação de alarmes, entre outras ações são controlados pelo celular por meio do sistema automatizado. O desafio é de Construções e Edificações.
 
.O Custom Car, desafio de Transporte e Logística, é um Ford Ka Sedan customizado com novas tendências na pintura automotiva, modificações estéticas e de performance no motor como coletores de admissão e escape especiais e comando de válvulas. O automóvel tem ainda a utilização de sistemas multimídia atrelados a videogames e telas LCD, onde o veículo passa a ser também uma central de jogos. Quatro alunos do Senai Automotivo de Porto Alegre participam. 
 
.O projeto do Meqcar tem como objetivo desenvolver um carro compacto para um ocupante e não utilizar combustível fóssil. Por se tratar de um carro pequeno, há um melhor aproveitamento do espaço de circulação e estacionamento. Como diferencial, o MeqCar conta com motores elétricos, alimentados por baterias recicláveis, um sistema de reaproveitamento de energia cinética na frenagem do carro recarregando assim, em parte, a bateria. O sistema tem placa solar também para recarregar bateria e um sistema de compartilhamento deste automóvel com outras pessoas. Outro ponto é o acabamento interno de fácil limpeza. O projeto tem o envolvimento de oito alunos do Senai de Santa Rosa e integra o desafio Tecnologia de Manufaturas e Engenharia.
 
Os outros desafios serão Tecnologias da Informação e Comunicação, com o objetivo de desenvolver produtos ou softwares que contribuam para a redução do impacto social, econômico e ambiental de consumo tanto em residências, quanto em empresas; Engenharias Agrícola e Pecuária apresentando projetos que possam aumentar a produção leiteira, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico do setor agropecuário; Moda e Criatividade com a tarefa de customizar peças de roupas de fábrica, transformando-as em novas peças ou acessórios exclusivos, além de desenvolver roupas com características funcionais; e Serviços, com equipes de estudantes do Senai da área de serviços e alimentação terão de produzir pratos saudáveis para serem servidos durante um evento, que terá pessoas de diferentes idades e com restrições alimentares.
 
Inova Senai
No espaço Inova Senai, serão apresentados 30 projetos e processos inovadores, desenvolvidos por docentes, técnicos, alunos e representantes de empresas. O objetivo é mais um mecanismo para aprimorar a prática pedagógica, com foco na inovação e no desenvolvimento de projetos como situação de aprendizagem. 
 
O Rio Grande do Sul terá dois projetos:
 
.O Controle Direcional e de Aceleração Via Aplicativo para Smartphone Android para Cadeira de Rodas Motorizada é de autoria dos alunos Mauricio Borba de Carvalho e Daniela Schwab com orientação dos docentes Taiser Barros e Roger Rohr, do Senai Santa Cruz do Sul. O projeto é um equipamento que oferece aos cadeirantes uma interface de controle para movimentação da cadeira de rodas, onde os comandos poderão ser acessados na tela do celular ou por comando de voz. O controle do movimento da cadeira de rodas é realizado por um sistema eletrônico composto por uma placa de acionamento do tipo dupla ponte H com mosfets. Os sinais de acionamento serão provenientes de um microcontrolador Arduino. Com o uso de um módulo de comunicação bluetooth é possível enviar comandos e receber informações de sensoriamento no Smartphone. 
 
.O projeto dos alunos Jaiane de Araújo Luiz e Taís Jobim da Luz, orientadas pelos docentes Cristian da Costa Rosa e Douglas Escher, do Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros, Incorporação de pó de pneu em elastômetro Termoplástico TPE–S, tem como objetivo a mistura de elastômero termoplástico mais pó de pneu tendo a vantagem de ser um produto ecológico, pois utiliza um resíduo industrial, mais viável economicamente, com propriedades similares aos TPE-S comerciais. O objetivo de aplicação deste material é em indústrias de transformação de elastômeros termoplásticos, mais especificamente em vedações e conexões especiais de alta performance, já que a mistura se manteve mais estável com a degradação térmica.