Projeto de dispositivo de monitoramento OEE

Temos certeza que você achou interessante. Então veja como o SENAI auxiliou a ‘NOVUS’ a desenvolver este relevante projeto.

O PROJETO

A NOVUS Produtos Eletrônicos desenvolve, fabrica e comercializa globalmente produtos de instrumentação e automação aplicados principalmente ao segmento Industrial. São produtos inovadores para aquisição e registro de dados, controle de temperatura e de processos, condicionamento e transmissão de sinais de variáveis de campo e demais instrumentos que cumprem requisitos internacionais de qualidade. Presente em mais de 60 países através de uma rede de 200 distribuidores, possui ainda escritórios comerciais no Brasil, Argentina, Estados Unidos e França. Com matriz e fábrica em Canoas/RS, tem 190 funcionários, sendo 35 com dedicação exclusiva ao processo de inovação, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos.

Em 2019, a empresa procurou o ISI-SIM (Instituto SENAI de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica) para apresentar as especificações básicas de um produto inovador para uma importante aplicação habilitadora para a Indústria 4.0: um dispositivo IoT para monitoramento de OEE (Overall Equipment Effectiveness). O desenvolvimento deste produto em curto espaço de tempo era importante para a NOVUS, mas a equipe própria de pesquisa e desenvolvimento da empresa, além de não dominar algumas tecnologias incluídas no projeto, estava totalmente alocada em outros projetos.

O projeto de PDI teve início com apoio da EMBRAPII e execução da unidade ISI-SIM. O kickoff do projeto deu-se em agosto de 2019 e, em janeiro de 2021, depois da transferência dos resultados tecnológicos do projeto, do cumprimento e aprovação de três macro entregas intermediárias e da preparação e fabricação em escala, o produto foi lançado comercialmente.

O maior desafio do projeto foi o prazo disponível para executar o extenso escopo que incluía design e modelagem 3D do invólucro, desenvolvimento de hardware e software embarcado, desenvolvimento de mecanismos de autenticação segura com sistemas em cloud e testes de segurança, compatibilidade e confiabilidade do produto. Outro desafio foi a integração entre as equipes do ISI-SIM e da NOVUS, essencial para garantir a rápida transição do protótipo desenvolvido no projeto até o lançamento comercial do produto.

O RESULTADO

Dentro de 5 meses, o protótipo recebido do ISI-SIM foi desenvolvido para fabricação em escala, incluindo a confecção do ferramental para injeção das peças plásticas do invólucro. O produto foi lançado em janeiro de 2021 com o nome comercial DigiRail-OEE e com uma campanha de marketing voltada ao público industrial interessado nas tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0.

Com 8 meses no mercado, o DigiRail-OEE já está homologado para operação conjunta com diversos softwares MES (Manufacturing Execution Systems). Centenas de unidades do produto já foram comercializadas, sendo que mais de 50% delas foram exportadas para mais de 10 países.

Ações de marketing e de homologação do produto com diferentes softwares de gestão de manufatura seguem intensas, e a expectativa é um rápido crescimento das vendas globais, devendo alcançar pelo menos mais 10 países ainda em 2021. 

O DigiRail-OEE está homologado no sistema MInA, utilizado pelo SENAI em seu Programa de Digitalização e no novo programa de Mentoria Digital, ainda em fase piloto. 


Tem uma ideia inovadora? Conte com os modernos parques tecnológicos e com a expertise dos profissionais do SENAI para desenvolvê-la! Entre em contato conosco e traga seu projeto para os Institutos SENAI de Inovação.

Outros cases

Aquecedor Stang anodilar and
11/11/2020
O SENAI aplicou a tecnologia IoT em aquecedor de ambientes domésticos, que pode ser ligado através do celular.
20/06/2018
A empresa Jackwall, de Gravataí/RS atua no mercado de artefatos para instalações de gás atendendo todo o país...