Você está aqui

Senai projeta modernização e indústria 4.0

Modernização é a palavra de 2019 no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS). “Tanto com relação aos equipamentos quanto aos serviços e capacitações, o Senai-RS trabalhará fortemente para o cenário da indústria 4.0”, afirma o diretor-regional do Senai-RS, Carlos Trein.

O investimento no parque de máquinas já vem acontecendo e terá continuidade, assim como as reformas e adequações da infraestrutura. “O Senai-RS está incorporando as novas tecnologias e práticas deste novo ciclo industrial, como realidade aumentada, sensoriamento, inteligência artificial e internet das coisas, e está desenvolvendo novos cursos e adaptando os cursos técnicos à nova realidade”, destaca Trein. “A indústria 4.0 é um caminho sem volta. O Senai se prepara para apoiar as empresas nesta direção”, esclarece.

Além dos novos conceitos em todos os seus cursos, o Senai-RS conta com duas pós-graduações em seu portfólio com relação à quarta revolução industrial: Engenharia Aplicada à Indústria 4.0 e Engenharia de Automação e Controle Industrial. “Estamos atuando ainda com capacitação de competências socioemocionais, chamadas Soft Skills, necessárias para lidar com as novas tecnologias”, ressalta. Também está disponível um portal (www.senai40.com.br) que faz um diagnóstico da maturidade da indústria com relação à nova revolução industrial, além de oferecer o curso EAD, totalmente gratuito, explicando as tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0.

Em 2018, o Senai-RS registrou 81 mil matrículas, sendo 8,8 mil em cursos de Ensino a Distância (EAD). Para qualificar cada vez mais o ensino do Senai foram realizadas diversas atividades visando à capacitação dos docentes como a Jornada da Educação, formação em Experiência de Aprendizagem Mediada, o plano de controle da qualidade da prática docente, os cursos de desenvolvimento de projetos na docência e desenvolvimento de textos técnicos e pedagógicos, a produção de videoaulas e a capacitação em Softskills. 

Os alunos do Senai-RS conquistaram quatro medalhas de ouro nas Seletivas WorldSkills 2019 (Manutenção Industrial, Robótica Móvel, Tecnologia de Mídia Impressa e Mecatrônica), sete pratas (Instalações Elétricas Prediais, Refrigeração e Ar Condicionado, Jardinagem e Paisagismo, Design Gráfico, Pintura Decorativa, Carpintaria de Telhados e Tecnologia Automotiva) e três bronzes (Controle Industrial, Logística e Eletrônica). Em janeiro, iniciam o treinamento para a competição internacional que acontece em Kazan, em agosto. 

A Mostra Inova Senai buscou resolver demandas reais da indústria gaúcha a partir de projetos desenvolvidos inteiramente por alunos do Senai-RS. Essa é a proposta do Desafio Senai de Projetos Integradores, que tem como objetivo desenvolver nos alunos de cursos técnicos e de aprendizagem industrial, a capacidade de trabalhar em grupo, propor ações inovadoras e pensar de forma empreendedora.  Mais de 20 projetos participaram da competição nos Institutos Senai de Tecnologia em Couro e Meio Ambiente, em Estância Velha, e em Madeira e Mobiliário, em Bento Gonçalves. O primeiro lugar ficou com o trabalho “Projeto e montagem parcial de uma célula automatizada de furação e rebarbação de presilha para módulo fotovoltaico”, elaborado pelos alunos do Senai de Sapucaia do Sul, desenvolvido para atender a demanda da indústria Alu-Cek.

Com relação aos Serviços de Tecnologias e Inovação foram mais de 10 mil atendimentos, entre 2.756 clientes. Também nesta área, destacaram-se este ano os dois institutos senai de inovação (engenharia de polímeros e soluções integradas em metalmecânica), ambos agentes Embrapii, com projetos em andamento, e a acreditação do Inmetro de mais um laboratório (Temperatura e Pressão) no Insituto Senai de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia, de Esteio. 

Quatro novos projetos do Senai gaúcho foram aprovados no Edital de Inovação para a Indústria e começam a ser desenvolvidos em janeiro de 2019. Três são parcerias do Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário, de Bento Gonçalves e uma com o Instituto Senai de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica, de São Leopoldo. Foram 61 projetos escolhidos nesta primeira seleção em todo o Brasil,  após a análise de 549 ideias submetidas.

Publicado sexta-feira, 21 de Dezembro de 2018 - 0h00