Ferramenta de amostragem para coleta de borras em tanques

Desenvolvimento, fabricação e validação de uma solução inovadora para otimizar a limpeza de reservatórios da Petrobras.

O PROJETO

A Petrobras é um dos maiores produtores de petróleo e gás do mundo. Com uma grande base de reservas, a empresa tem expertise em exploração e produção em águas profundas e ultraprofundas como resultado de quase 50 anos no desenvolvimento das bacias offshore brasileiras, tornando-a líder mundial neste segmento. 

Na operação de refinarias de petróleo, muitos processos ocasionam a produção de resíduos de borra oleosa nos tanques, e uma das atividades necessárias na manutenção destes tanques é a limpeza completa dos reservatórios. Este procedimento é um desafio técnico, pois o processo de limpeza escolhido depende do tipo de sedimento encontrado no fundo dos tanques. Uma especificação incorreta pode causar perda de tempo e recursos para a operação de limpeza, pois só saberão o conteúdo e tipo correto de borra quando abrirem o tanque e, desta forma, não terão as provisões corretas ou o prazo adequado para realizar esta manutenção. Para resolver este problema, é necessário realizar a caracterização do conteúdo de sedimento e ter uma estimativa de seu volume abaixo do nível de óleo.

Com o objetivo de desenvolver uma ferramenta capaz de viabilizar a coleta da borra dos tanques para caracterizar e estimar o volume dos resíduo, a Petrobras, em parceria com o Instituto SENAI de Inovação em Engenharia de Polímeros, deu início a um projeto de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação de Produtos. A execução técnica do Instituto SENAI de Inovação em Engenharia de Polímeros contemplou o desenvolvimento, a fabricação e a validação de um protótipo de um dispositivo para coleta de amostras de borras em tanques de petróleo; a produção do dispositivo em material polimérico, inerentemente seguro, de baixo peso e com propriedades de baixa aderência ao óleo; e a elaboração do procedimento estatístico de amostragem em formato de planilha eletrônica que simplifique a análise dos resultados.

O RESULTADO

O desenvolvimento do projeto apresentou como entrega uma maquete e três protótipos funcionais utilizados em testes de campo. Foi elaborado um memorial de cálculo e um manual de operação da ferramenta, que também foi validado com testes de campo. Resumidamente, os resultados obtidos com o projeto são os seguintes:

  • Ferramenta polimérica para operação em área classificada;

  • Hastes pultrudadas de fibra de carbono com resina ester vinilica;

  • Engates rápidos de poliamida reforçado com fibras;

  • Alta rigidez para evitar flambagem durante a coleta;

  • Baixo peso para transporte ergonômico;

  • 1 Patente depositada.


Tem uma ideia inovadora? Conte com os modernos parques tecnológicos e com a expertise dos profissionais do SENAI para desenvolvê-la! Entre em contato conosco e traga seu projeto para os Institutos SENAI de Inovação.

Outros cases

28/09/2021
Um projeto com foco em preservação do meio ambiente e economia circular que promove a utilização do caroço de...
04/10/2018
Criação de em novos modelos de cadeira e mesa para complementar a linha atual e atingir os mercados de móveis...
eficiencia-energetica
17/02/2021
Consultoria em Eficiência Energética reduz custos com energia em mais de R$85 mil/ano na empresa Autotravi Bor...