Tecnologia de não-tecidos anti Covid-19

A JGB, de São Jerônimo (RS), superou-se em um dos maiores desafios em 35 anos de mercado e agora vai expandir faturamento com nova linha de produtos de proteção contra riscos biológicos.

O PROJETO

Estabelecida no mercado, a empresa JGB, de São Jerônimo (RS), é pioneira na fabricação de EPIs. A pandemia de Covid-19, porém, fez a indústria superar-se um dos seus maiores desafios em mais de três décadas: produzir, em tempo recorde, respiradores do tipo PFF2.

O desafio foi maior porque, apesar da experiência na produção de EPIs, a equipe de 165 pessoas não tinha o conhecimento necessário sobre riscos biológicos para criar um produto do zero. Por isso, a parceria com os Institutos SENAI de Inovação em Polímeros, de São Leopoldo (RS), e de Biossintéticos e Fibras, no Rio de Janeiro, foram determinantes na tarefa de criar um produto com o nível de segurança exigido para uso profissional.

O RESULTADO

Com o apoio do SENAI, a JGB projetou e construiu uma máquina para fabricação de respiradores PFF2/N95, capazes de proteger os usuários de gotículas que contenham vírus, em apenas 40 dias. 

O fundador da empresa, José Geraldo Brasil, explica que a importação de uma máquina, por ser um processo demorado, não responderia à necessidade de atender rapidamente à demanda gerada pela pandemia. Por isso, a indústria encarou e venceu a empreitada. “O bom relacionamento entre as áreas técnicas da JGB e SENAI foram fundamentais para o andamento do trabalho. Desenvolver tecnologia de altíssimo nível sem haver nenhuma reunião presencial é para poucos, assim temos orgulho em dizer que pesquisadores brasileiros projetaram e fabricaram uma máquina e um produto 100% brasileiro”, conta ele.

Além do respirador, a empresa desenvolveu macacões e aventais descartáveis. A previsão é que a linha, chamada Impermax, represente, no mínimo, 10% do faturamento da empresa.  

Os lotes pilotos realizados no projeto foram doados a instituições como por exemplo o hospital Centenário de São Leopoldo-RS.

DESTAQUE NO COMBATE À COVID

O  projeto da JGB foi um dos 34 selecionados na categoria Missão contra a Covid-19 da Plataforma Inovação para a Indústria. A categoria surgiu da parceria do SENAI, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).


Tem uma ideia inovadora? Conte com os modernos parques tecnológicos e com a expertise dos profissionais do SENAI para desenvolvê-la! Entre em contato conosco e traga seu projeto para os Institutos SENAI de Inovação.

Outros cases

Esteiras para alimentos dentro da exigência da ANVISA
28/09/2020
Desenvolvimento de um novo componente plástico para evitar contaminações em esteiras da indústria de alimentos...
07/10/2019
A Pontual Tecnologia em Manufatura, buscando ampliar sua atuação no mercado, procurou o Instituto SENAI de Ino...
28/09/2021
Desenvolvimento, fabricação e validação de uma solução inovadora para otimizar a limpeza de reservatórios da P...