Você está aqui

Otimizar a cadeia de suprimentos é fundamental para garantir processos bem estruturados e a competitividade da empresa no mercado. Nesse cenário, para que todas as etapas da cadeia produtiva transcorram de acordo com o esperado, é preciso contar com um planejamento estratégico eficiente, a fim de melhorar toda a operação, garantindo a satisfação do cliente.

Quer saber como otimizar a cadeia de suprimentos da sua empresa? Então continue a leitura!

Por que otimizar a cadeia de suprimentos?

A otimização da cadeia de suprimentos torna possível a adoção de processos mais eficientes, além de garantir os insumos necessários para o bom funcionamento do negócio. Veja a seguir quais são os principais motivos para fazer a otimização da cadeia de suprimentos na sua empresa!

Controle sobre os fornecedores

O início correto de todos os processos se dá por meio da cadeia de suprimentos. Para que ela seja eficiente, é fundamental que a gestão da empresa faça um acompanhamento criterioso dessa importante etapa do processo produtivo, com o objetivo de obter os melhores fornecedores.

Para isso, devem ser analisadas questões que envolvam o cumprimento dos prazos e também a relação custo-benefício. Para tanto, você pode escolher como fornecedores empresas que tenham certificado de qualidade e atuação consolidada no mercado.

Processos padronizados

Padronizar processos assegura uma maior rapidez na execução das etapas, redução de desperdícios, aumento na produtividade e a conquista de um alto padrão de qualidade.

Desse modo, você consegue fazer o gerenciamento das atividades com maior eficiência, e também fazer a mensuração do andamento das etapas planejadas e corrigir atividades que estejam em não-conformidade com as etapas produtivas estabelecidas pela corporação.

Comunicação otimizada

Para garantir o alinhamento dos processos, é fundamental contar com uma comunicação clara e objetiva entre todos os setores e fornecedores envolvidos na cadeia de suprimentos.

Para conquistar isso, é preciso integrar toda a equipe com os mesmos objetivos da companhia. Logo, o ideal é que o responsável por cada setor mantenha um diálogo próximo com os membros de sua equipe, transmitindo de forma clara a relevância do seu papel para o sucesso de todos.

Foco no cliente

O cliente é a principal razão de qualquer negócio, e a satisfação dele é a diretriz fundamental para a consolidação e o crescimento da companhia em seu mercado de atuação. Portanto, é necessário fazer a mensuração da qualidade das atividades realizadas e analisar a satisfação dos clientes.

Nesse sentido, o transporte dos produtos é uma questão que precisa ter uma especial atenção, já que é esperado que essa logística seja feita com agilidade e preservando a mercadoria, sendo esse o grande segredo para conquistar a preferência dos clientes.

De que forma utilizar a tecnologia na cadeia de suprimentos?

O avanço das telecomunicações e de outros recursos na indústria possibilita que as companhias otimizem seus recursos e elevem seus resultados a patamares nunca antes vistos. Veja a seguir como a tecnologia pode ser utilizada na cadeia de suprimentos!

Utilização de um sistema para unificar a gestão

O uso de softwares de gestão é fundamental para integrar toda a cadeia de suprimentos, conferindo mais agilidade e eficiência para as operações. Como vantagens, podemos citar a padronização e o mapeamento dos processos de forma rápida, afastando os erros, em especial quando são muitos os setores envolvidos no andamento das atividades.

Assim, ao contar com um sistema de gestão para otimizar a sua cadeia de suprimentos, você consegue aumentar a produtividade na indústria, além de contar com relatórios de desempenho para ajudar nas tomadas de decisão da companhia. Você também passa a contar com um maior controle dos processos, com o registro de compra e venda.

Logo, com a melhoria do fluxo informação dentro da companhia, é possível desfrutar de operações mais eficazes, ao mesmo tempo em que os recursos são otimizados.

Uso do Big Data para prever demandas

Para que uma organização obtenha sucesso em seus processos, é preciso realizar de forma objetiva o planejamento da demanda. Para tanto, é fundamental compreender o potencial de vendas para os seus consumidores, assim como pensar nos processos logísticos.

Nesse cenário, o uso da tecnologia é uma forma eficiente de traçar estratégicas e otimizar processos, com o uso do Big Data. Com essa ferramenta é possível fazer o recolhimento de informações do mercado e extrair informações dos consumidores sobre todas as percepções acerca da companhia.

Assim, é possível avaliar questões como se os clientes estão satisfeitos, qual o grau de experiência deles com a marca, quais as necessidades ainda podem ser atendidas, entre outras.

Logo, o uso inteligente de Big Data confere à gestão uma visão geral acerca do negócio, em que você terá condições de fazer o cruzamento de dados utilizando variadas fontes. Com isso, pode gerar mais inovação por meio de novas ideias para o negócio, de forma rápida e eficiente.

Adoção da Internet das Coisas (IoT)

A Internet of Things (IoT), traduzida para o português como Internet das Coisas, é o campo da tecnologia em que mercadorias, ferramentas, aparelhos e qualquer outro mecanismo se conecta à internet para troca de dados. Na cadeia de suprimentos, esse termo é alterado para Industry Internet of Things (IIoT), tendo, portanto o seu objetivo nos processos industriais.

A tecnologia torna possível o rastreamento completo de produtos, o que permite um maior controle da posição geográfica desses itens — saber a localização exata da carga, por exemplo. Isso pode ser feito com contêineres em navios, caminhões e outros tipos de transporte.

Também é possível rastrear e monitorar os próprios produtos, utilizando para isso etiquetas inteligentes com tecnologia RFID. Ao fazer apenas uma leitura, você consegue saber onde estão localizados os itens no estoque, a data de entrada e qualquer outra informação que seja importante. Assim, a proposta é ter um banco de dados eficiente, que possibilite uma gestão logística mais precisa.

Como vimos ao longo desta leitura, otimizar a cadeia de suprimentos é possível. Para isso, a tecnologia pode ser uma forte aliada, unindo mais eficiência aos processos, ao melhorar a comunicação e permitir uma gestão baseada em dados, ao mesmo tempo em que mantém o foco no cliente.

Se você gostou deste artigo sobre como usar a tecnologia para otimizar a cadeia de suprimentos, assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

segunda-feira, 30 de Novembro de 2020 - 16h16

Deixe um Comentário

7 + 2 =